Secretário da SAP, Nivaldo Cesar Restivo diz que situação em penitenciárias está normalizada

0
48

O secretário de Administração Penitenciária do estado de São Paulo, Nivaldo Cesar Restivo, disse que as penitenciárias operam dentro da normalidade após os motins que ocorreram ontem, com fuga de detentos.

As rebeliões foram uma reação à decisão da Corregedoria Geral da Justiça (CGJ) de suspender a saída temporária de detentos em razão do avanço da epidemia do novo coronavírus.

Segundo o secretário, a motivação tem origem na decisão de suspender a saída temporária. “Quero deixar claro que não é supressão do benefício, é suspensão porque estamos diante de uma situação envolvendo dois problemas, tínhamos que optar pela que causasse menos prejuízos à população de São Paulo”, salientou Restivo.

O secretário destacou que as unidades que abrigam presos no regime semiaberto não podem, por lei, ter muralhas ou abrigar servidores armados. Questionado sobre as rebeliões terem ocorrido ao mesmo tempo, Restivo disse que a comunicação entre os detentos é fácil, porque estão exercendo atividade laboral externa e tranquilizou os paulistas. "A população pode ficar tranquila, exercer suas atividades normais, as forças de segurança estão trabalhando”, ressaltou.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.