Inicio Geral Segurança pública é tema de discussão na OAB-Ce

Segurança pública é tema de discussão na OAB-Ce

0

A Comissão de Segurança Pública da OAB-CE reuniu-se com o deputado estadual Marcos Cals na tarde desta quinta-feira, 17, para debater os caminhos que devem ser seguidos pela política de segurança pública do Estado. A reunião ocorreu no auditório Adahil Barreto, na Fesac.

O deputado palestrou sobre seu trabalho à frente da secretaria de Justiça e Cidadania do Ceará, que deixou para se dedicar a reeleição. Disse que quando tomou posse do cargo encontrou um sistema penitenciário defasado, carente em servidores, devido o último concurso ter sido realizado há mais de 20 anos.

Ressaltou que por ser muito rigoroso na forma de tratamento dos presos investiu em profissionalização dos agentes penitenciários. Os principais temas expostos por Cals foram os problemas e desafios do sistema carcerário cearense, como a comunicação dos presos com o mundo externo: como impedir de forma eficiente que os detentos comandem ações criminosas de dentro dos presídios. ‘Só agora, em março, é que saiu o parecer técnico da empresa vencedora para instalação do bloqueador de sinal para celular’, reiterou.

Marcos Cals destacou ainda os problemas com a ressocialização. Disse que é difícil porque o sistema penitenciário não tem pessoal qualificado para preparar o preso, mas a maior dificuldade é o preconceito. ‘Primeiro é preciso quebrar o preconceito da sociedade’, pontuou.

A reunião, mediada pela comissão da OAB-CE, faz parte de um ciclo que tem a intenção de promover um grande debate sobre segurança pública no Estado e que foi iniciada com audiência pública que contou com a participação do secretário de segurança, Roberto Monteiro.

Segundo o presidente da comissão, Renato Torrano, os superintendentes e/ou comandantes das polícias militar e civil, além do presidente do Tribunal de Justiça do Ceará, também serão convidados para audiências e palestras. ‘Vamos extrair uma ideia central desses encontros para então promover um grande debate com a sociedade cearense’, disse.

Torrano destacou ainda que é preciso ouvir vários segmentos da sociedade, ‘principalmente o tripé da segurança pública: justiça, policia e sistema penitenciário’.

Fonte: OAB-CE
__________________
IMPRENSA SINDASP-SP
imprensa@sindasp.org.br

Sem comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair da versão mobile