Sem mudanças no plano de carreira, delegados podem entrar em greve

0
23

Os agentes penitenciários e policiais civis já estão em greve, mas a paralisação na área da segurança pode ser maior. Apesar de apoiarem a paralisação, os delegados continuam trabalhando normalmente. Contudo, eles se reúnem na próxima sexta-feira para decidir se vão aderir ao movimento grevista. ?Se o Governo não apresentar nenhum projeto, a tendência é que os delegados participem da greve?, conta o presidente da Associação dos Delegados da Polícia Civil (Adepol), Marcos José Moraes Affonso Júnior.

Assim como os policiais, os delegados também estão conversando como o Estado. Na última sexta-feira, eles se reuniram com o governador Jackson Lago. Segundo Marcos Júnior, o governador pediu total empenho dos secretários para resolver o problema. ?Eles perguntaram quais são os pontos que não concordamos do plano de carreira que foi enviado para a Assembléia. Se eles apresentarem essas correções e a greve terminar, fica descartada a nossa paralisação?, disse.

O presidente da Adepol considerou a atitude do governo em substituir o plano desenvolvido com a categoria como um ato de irresponsabilidade. ?Os policiais fizeram o plano junto com representantes do governo. Na última hora a proposta foi substituída. Acredito que ainda existem pessoas responsáveis, e que com as negociações vamos conseguir resolver esse problema?.

Serviços reduzidos

Neste primeiro dia de greve, as delegacias funcionam apenas com 30% do efetivo. Se os delegados aderirem ao movimento, a situação pode ficar pior. A quantidade de delegados é menor, principalmente no interior do estado. O delegado contou que os plantões serão mantidos. ?Cada caso será avaliado. Não queremos prejudicar a população mais do que já está. Mas em uma greve os efeitos são sentidos?, diz.

Fonte: O Imparcial on-line (MA)
Data da publicação: 06/01/2009

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.