Servidores devem denunciar qualquer extravio ou impedimento de distribuição do jornal do Sindasp

0
24

 

 

Desde o início do mês a 34ª edição do jornal impresso do Sindasp-SP vem sendo distribuída em todas as unidades prisionais do Estado. Os filiados recebem o jornal em sua residência. Se houver algum filiado que não esteja recebendo o impresso, pode ser por falta de atualização de dados cadastrais. Orientamos que os dados sejam atualizados no site.

 

Duas equipes compostas por diretores visitaram diversas unidades. O jornal também foi despachado pelos Correios a diversas outras unidades prisionais, para que todos os servidores tenham acesso ao conteúdo do impresso. Além das unidades prisionais, o jornal impresso também circula em diversas repartições públicas do Estado.

 

Apesar de todo o esforço do Sindasp-SP, pode ocorrer de o jornal não chegar em alguma unidade, ou, podem ocorrer desvios propositais que impeçam o jornal chegar até o servidor. Já houve um caso de denúncia recebida pelo Sindasp-SP, via e-mail, onde determinada pessoa foi vista colocando um pacote de jornais do Sindasp-SP no porta-malas do carro. O Sindasp-SP entrou em contato imediatamente com a pessoa e cobrou explicações. Dependendo da situação, o sindicato poderá acionar a Justiça e o responsável deverá responder pelo ato.

 

De acordo com o presidente do Sindasp-SP, Daniel Grandolfo, se alguém impedir a entrega do jornal, rasgar, destruir, ou dar qualquer outro fim ao impresso, impedindo a leitura do mesmo pelos servidores, tal atitude deve ser DENUNCIADA imediatamente pelo e-mail imprensa@sindasp.org.br ou pelos telefones 18-3222-1661 / 18-8183-1234, ao jornalista Carlos Vitolo. O total sigilo será mantido e o Sindasp-SP tomará medidas cabíveis.

 

Filiado, o jornal do Sindasp-SP é produzido com o dinheiro da mensalidade que sai do seu bolso, por isso não deixe de denunciar! E se for possível faça fotos ou filme. O Sindasp-SP é você! 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.