Inicio Geral Servidores do Sistema Prisional de Mato Grosso recebem capacitação

Servidores do Sistema Prisional de Mato Grosso recebem capacitação

0

A Sejusp, por meio da Cepen e Funac, também realizou a capacitação dos 1.238 profissionais contratados aprovados no último processo seletivo simplificado do Sistema Prisional e Socioeducativo do Estado.

Uma das diretrizes da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) para aumentar as chances de ressocialização dos reeducandos é o investimento na capacitação dos servidores do Sistema Prisional do Estado.

O objetivo é proporcionar aos servidores uma nova reflexão sobre o desempenho de suas atividades dentro da filosofia da reinserção social de homens e mulheres privados de liberdade.

Engajada nessa política é que a Sejusp, por meio da Coordenadoria de Ensino Penitenciário (Cepen) com apoio da Fundação Nova Chance (Funac), realizou no ano de 2008 um Curso de Formação Continuada dos Servidores Envolvidos na Ressocialização em cidades como Juína, Sinop, Cáceres, Juara e Rondonópolis.

Em 2009, a capacitação foi estendida aos servidores efetivos do Sistema Prisional de Cuiabá, trabalhando a legislação penitenciária e relação interpessoal no ambiente profissional. Participaram do curso 155 servidores.

A Sejusp, por meio da Cepen e Funac, também realizou a capacitação dos 1.238 profissionais contratados aprovados no último processo seletivo simplificado do Sistema Prisional e Socioeducativo do Estado.

?A capacitação dos servidores do Sistema Prisional é uma determinação do secretário Diógenes Curado que visa a melhoria da qualidade do serviço prestado, a tranquilidade do servidor no atendimento ao reeducando, o domínio do serviço a ser realizado, a melhora no ganho profissional, além de aumentar a possibilidade de êxito de reinserção social e diminuição da reincidência criminal?, avaliou o secretário de Justiça tenente coronel PM Zaqueu Barbosa.

A capacitação dos servidores do Sistema Prisional é uma política do Departamento Penitenciário Nacional (Depen). ?Precisamos preparar os servidores para o processo de ressocialização nas unidades. Por isso a meta este ano é aumentar o número de servidores capacitados?, disse a diretora executiva da Fundação Nova Chance, Mônica de Souza.

CONCURSO

No último dia 21 de fevereiro, 18.080 candidatos prestaram a prova do concurso público do Estado para o cargo de Agente Prisional; 5.474 para Assistente do Sistema Prisional; 5.395 para Agente Orientador do Sistema Socioeducativo e 4.205 para Assistente do Sistema Socioeducativo.

Os candidatos concorreram a 280 vagas para Agente Orientador do Sistema Socioeducativo; 859 vagas para Agente Prisional (859 vagas); 161 vagas para Assistente do Sistema Prisional e 59 vagas para Assistente do Sistema Socioeducativo.

Fonte: ExpressoMT

__________________
IMPRENSA SINDASP-SP
imprensa@sindasp.org.br

Sem comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair da versão mobile