Sindasp insiste e Santa Casa de Lucélia volta atender servidores

0
16

 

Depois de muita insistência do Diretor (Suplente) de Saúde do Sindasp-SP, Carlos Peretti, a Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Lucélia voltou a atender os servidores penitenciários pelo convênio do Iamspe (Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual).

 

De acordo com Peretti, o atendimento havia sido suspenso pelo vencimento do contrato e desde o meio do ano de 2011 que os servidores não eram atendidos pelo convênio no local.

 

O diretor do Sindasp-SP destacou que, por diversas vezes, levou o assunto nas reuniões da Comissão Consultiva Mista (CCM) do Iamspe em São Paulo e que obteve do Departamento de Convênios e Assistência Médica (Decam) a resposta de que, desde 13 agosto de 2012, que a documentação já havia sido entregue e aguardava a publicação de recredenciamento.

 

No entanto, a morosidade, fez com que a assinatura do contrato para prestação de serviços fosse realizada somente em 1º de março de 2013. Enquanto isso, os servidores ficavam a espera de um milagre, orando para não ficarem doentes. Uma vergonha!

 

“Essa demora toda ocorreu mesmo já sendo a Santa Casa uma credenciada ao Iamspe, imagine nos casos em que um novo hospital pretende realizar o convênio, certamente a lentidão e a burocracia são ainda maiores”, disse Peretti. O diretor apontou ainda que o vencimento dos contratos de convênios são comunicados 90, 60 e 30 dias antes do prazo.

 

De acordo com a publicação, “o presente contrato deverá vigorar por 30 meses a contar da data da sua assinatura, podendo ser prorrogado por iguais e sucessivos períodos, no limite máximo de 60 meses, nos termos da legislação vigente”, descreve o texto. (Valor: Mensal de R$ 36.000,00 / Valor Global R$1.080.000,00)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.