Sindasp participa no Palácio dos Bandeirantes do Prêmio Anual do Banco do Povo Paulista

0
19

 

Com infoormações do Portal do Governo do estado de São Paulo

 

O presidente do Sindasp-Sp, Daniel Grandolfo, e os diretores Carlos Peretti (Suplente de Saúde) e Donizete Rodrigues (Administrativo da Regional de S. J. do Rio Preto) participaram no Palácio dos Bandeirantes da 4ª edição do Prêmio Anual do Banco do Povo Paulista. O Sindasp-SP foi convidado pelo secretário do Emprego e Relações do Trabalho, Carlos Ortiz.

 

Diretores do Sindasp-SP com secretário Carlos Ortiz durante o evento

 

O prêmio é concedido a unidades do Estado que concedem maior volume de empréstimos e reúne oito categorias diferentes. Sete são por número de habitantes (até 7,5 mil, até 15 mil, até 30 mil, até 50 mil, até 100 mil, até 300 mil e acima de 300 mil). A oitava categoria é por maior índice de produção per capita. “O nosso banco só funciona se realmente houver um engajamento do prefeito e do nosso agente. Nosso agente realmente é a pessoa mais importante”, ressalta o secretário Carlos Ortiz. A qualidade do trabalho foi ainda mais estimulada a partir da criação da Lei 14922/2012 que criou o Bônus por Participação nos Resultados (BPR).

 

Diretores do Sindasp-SP com secretário de Gestão Pública, Davi Zaia, durante o evento

 

De acordo com o diretor-executivo do BPP, Antonio Mendonça, a expectativa para este ano é emprestar mais de R$ 250 milhões e, assim, superar em 30% o montante concedido em 2012. Carlos Ortiz explica: “o programa de crédito funciona em parceria com as prefeituras para fomentar o microempreendedorismo. Para aquelas pessoas que realmente queiram se tornar microempreendedor poder pegar dinheiro no Banco do Povo Paulista com juros bem baixos, ou seja, juro de 0,5% ao mês sem nenhuma taxa”.

 

Cidades premiadas da 4ª edição do Prêmio Anual do Banco do Povo Paulista:

 

Até 7,5 mil habitantes: 3º lugar – Nova Canaã Paulista; 2º lugar – Sud Menucci; 1º lugar – Sebastianópolis.

Até 15 mil habitantes: 3º lugar – Valentim Gentil; 2º lugar – Cajobi; 1º lugar – Divinolândia.

Até 30 mil habitantes: 3º lugar – Martinópolis; 2º lugar – Pereira Barreto; 1º lugar – Santa Fé do Sul.

Até 50 mil habitantes: 3º lugar – Paraguaçu Paulista; 2º lugar – José Bonifácio; 1º lugar – Jales.

Até 100 mil habitantes: 3º lugar – Andradina; 2º lugar – Avaré; 1º lugar – Amparo.

Até 300 mil habitantes: 3º lugar – Jacareí; 2º lugar – Araçatuba; 1º lugar – São Carlos.

Acima de 300 mil habitantes: 3º lugar – São Paulo; 2º lugar – Ribeirão Preto; 1º lugar – São josé do Rio Preto.

Maior índice de produção per capita: Nova Canaã Paulista.

 

Banco do Povo Paulista em números

 

Em 14 anos de operação, o BPP concedeu mais de R$ 1,1 bi em empréstimos, em 310 mil operações. No ano passado, as cifras emprestadas superaram R$ 193 milhões, em 36,7 mil operações. Atualmente, o BPP está presente em 484 municípios, com 499 unidades instaladas.

 

“Hoje se transforma no maior programa de microcrédito estadual do país. A determinação do nosso governador é a ampliação do programa para todos os 645 municípios até o final do próximo ano”, afirma o diretor-executivo do BPP, Antonio Mendonça.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.