Inicio Geral Sindasp pede esclarecimentos sobre DEJEP no CDP Chácara Belém II

Sindasp pede esclarecimentos sobre DEJEP no CDP Chácara Belém II

0

De acordo com ofício enviado pelo Sindasp-SP ao Diretor Técnico de Departamento III, do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Chácara Belém II, Roberto de Campos Gomes, o sindicato recebeu informações de possíveis irregularidades na convocação da Diária Especial por Jornada Extraordinária de Trabalho Penitenciário (DEJEP).

Segundo o documento, o número de convocações estaria beneficiando os agentes de segurança penitenciária (ASP) diaristas, em detrimento aos funcionários que trabalham à noite “ocorrendo uma possível falta de transparência na lista das convocações”, descreve.

O ofício também solicita que seja apurada a possível convocação de blitz dos agentes penitenciários da unidade, ao invés de serem convocados para a DEJEP.

A DEJEP, instituída pela Lei nº 1.247/2014, foi um projeto apresentado pelo Sindasp-SP e faz parte do acordo tratado durante as reuniões de negociação no período de greve da categoria em março de 2014.

Conforme os critérios estabelecidos para a DEJEP, os interessados deverão procurar o Diretor de Segurança e Disciplina da unidade e efetuar sua inscrição em uma lista única, que deverá ser elaborada em cada plantão diurno, de forma contínua e sequencial.

É sempre importante lembrar que a DEJEP tem incidência no Imposto de Renda e o pagamento é efetuado no segundo mês após a realização da diária.

Para 2016, o governo autorizou 582 DEJEPs ao dia, totalizando 17.467 ao mês. Em 2015, foram autorizadas 18.120 ao mês e em 2014 foram liberadas 18.960. De 2014 para 2016 houve uma queda de 1.493 diárias oferecidas ao mês.

Sem comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair da versão mobile