Sindasp pede mais uma vez a automatização da penitenciária de Marabá

0
155

Em ofício enviado ao coordenador das unidades prisionais da região Oeste, Roberto Medina, o Sindasp-SP pediu que a penitenciária de Marabá Paulista seja automatizada.

Essa é a segunda vez que o sindicato solicita a automatização da unidade. De acordo com o ofício, recentemente ocorreu na unidade mais uma agressão a agente de segurança penitenciária (ASP). O sindicato aguarda uma resposta positiva do coordenador.

A automatização das unidades prisionais foi proposta pelo Sindasp-SP ao secretário de Estado da Administração Penitenciária, Lourival Gomes, em janeiro de 2011. A automatização teve início em 2012 na penitenciária de Dracena.

O objetivo da automatização foi colocar fim às agressões sofridas pelos agentes penitenciários e garantir a integridade física dos servidores.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.