SINDASP SOLICITA INFORMAÇÃO SOBRE LOTES DE VACINA UTILIZADOS NOS SERVIDORES DO SISTEMA PRISIONAL

0
190

O Sindasp-SP através do Diretor da Regional de Marília, Luciano Novaes Carneiro, solicitou informações junto a SAP, sobre a numeração dos lotes da Vacina Coronavac, que foram utilizados para imunização dos servidores do sistema prisional paulista.

Segundo Luciano Carneiro, para tal questionamento, obtivemos a notícia no dia 04/09/21 sobre a Interdição Cautelar por parte da ANVISA, de cerca de 12 milhões de doses da vacina, sendo que essa informação foi veiculada em primeira mão pelo grande defensor da Segurança Pública, o Senhor Deputado Estadual Dimas Mecca Sampaio. “Tal ato administrativo de caráter preventivo por parte do referido órgão da União, nos trouxe certa apreensão, visto que praticamente todo o sistema prisional (funcionários e sentenciados) receberam o antígeno”, explica o diretor do sindicato.

De acordo com o site da ANVISA, os lotes das 12 milhões doses interditadas que estão no Brasil são os seguintes: 202107101H, 202107102H, 202107103H, 202107104H, 202108108H, 202108109H, 202108110H, 202108111H, 202108112H, 202108113H, 202108114H, 202108115H, 202108116H, L202106038,  J202106025,  J202106029,  J202106030, J202106031, J202106032, J202106033, H202106042, H202106043, H202106044, J202106039 e L202106048.

“Nós como sindicato de classe não pleiteamos obter essa informação através da Secretaria da Saúde do Governo de São Paulo, pois, temos a certeza do controle realizado pela SAP no processo de imunização de seus servidores, e também sabemos da existência da Responsabilidade Solidária entre Secretarias e devemos nossa obediência hierárquica ao Senhor Secretário”, ressaltou Carneiro.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.