Inicio Geral Site do Sindasp-SP completa 1 milhão de acessos

Site do Sindasp-SP completa 1 milhão de acessos

0

Carlos Vitolo
Assessor de imprensa do Sindasp-SP

O site do Sindasp-SP (Sindicato dos Agentes de Segurança Penitenciária do Estado de São Paulo) se transformou em um dos principais veículos de comunicação da categoria em todo o País, e também do mundo, já que as estatísticas do site apontam que o mesmo é acessado de em diversos países.

A comunicação eletrônica é realmente uma marca do Sindasp-SP. Ela é um dos meios em que transmitimos a ocorrência do fato através da notícia. E agora, tais fatos e notícias acabam de ultrapassar 1 milhão de acessos desde o lançamento do novo layout da nossa página.

Hoje somos ponto de referência de informação, principalmente, a saber: aos agentes penitenciários filiados ou não, instituições sindicais da categoria em todo o País, a imprensa escrita e eletrônica, organizações não-governamentais, órgãos dos governos municipais, estaduais e federal, pesquisadores acadêmicos, além da sociedade em geral e outros.

Essa conquista é de todos nós que valorizamos a informação através de um jornalismo moderno, ágil e democrático. E tudo isso só foi possível graças a uma gestão moderna, independente e democrática, voltada aos agentes de segurança penitenciária do Estado de São Paulo e, consequentemente, do Brasil. Esse é um dos principais objetivos, dentre tantos outros!

Vale ressaltar que, sem a participação e a confiança dos associados isso não seria possível. Sócio do Sindasp-SP, você é a razão deste feito e de tantos outros que virão. Obrigado por sua visita, continue acessando o www.sindasp.org.br

💡Direitos reservados. É permitida a reprodução da reportagem em meios impressos e eletrônicos, somente com a citação do crédito do jornalista e da Instituição Sindasp-SP (sob pena da Lei 9.610/1998, direitos autorais).

Sem comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair da versão mobile