Visitantes são flagrados ao tentar adentrar com ilícitos em unidades prisionais da Coremetro

0
199

Franco da Rocha

Em visita à Penitenciária I “Mário de Moura e Albuquerque” de Franco da Rocha a companheira de um sentenciado foi flagrada com ilícito ao passar em revista mecânica através do aparelho de escâner corporal. O fato aconteceu no sábado, 28/08/2021. Foram encontrados dois mil micropontos de papel, supostamente contendo substância análoga a K4, costurados no cós de sua calça.

No domingo, (29) outra companheira de sentenciado também foi impedida de adentrar à unidade prisional. Durante a revista mecânica, realizada pelo escâner corporal, a visitante foi flagrada com 14 filipetas de papel, supostamente contendo entorpecente análoga a K4, sete papelotes de suposta cocaína e duas porções de substância semelhante à maconha. Todos os itens estavam no interior de um invólucro que se encontrava introduzido à genitália da visitante.

Na segunda-feira, (30), a penitenciária apreendeu também sete chips de aparelho celular ocultados no sabão que estava entre os itens remetidos à unidade. A encomenda foi postada pela mãe do sentenciado. A correspondência foi apreendida ao passar pela revista mecânica de raio-x e também pela checagem manual, feita por um servidor.

A unidade prisional encaminhou as apreensões para a delegacia do município de Franco da Rocha para a elaboração de Boletim de Ocorrência. Internamente, foram instaurados procedimentos disciplinares em desfavor dos reclusos. Em paralelo, outros procedimentos foram tomados para averiguar possível falta funcional e, ainda, a formalização de expediente para suspensão de visitante.

Já no Centro de Progressão Penitenciária (CPP) de Franco da Rocha, a apreensão foi feita por meio de correspondência no dia 29/08/2021, último domingo. A encomenda, encaminhado pela mãe de um sentenciado, continha um display de aparelho celular, camuflado ao pão de forma.

A apreensão foi encaminhada ao Distrito Policial de Franco da Rocha, onde foi registrado Boletim de Ocorrência. Quanto ao sentenciado, foi determinado instauração de Procedimento Disciplinar interno.

Guarulhos

No Centro de Detenção Provisória “ASP Giovani Martins Rodrigues” de Guarulhos I servidores localizaram camuflado no cós da bermuda de um dos reclusos um pedaço de papel de cor laranja, aparentando ser um micro ponto de droga sintética “K4”. O fato aconteceu no sábado, 28.08.2021, durante o procedimento de revista nos pertences dos presos da unidade.

A apreensão foi encaminhada ao 4° Distrito Policial de Guarulhos, para elaboração do Boletim de Ocorrência. Internamente foi determinado instauração de Procedimento Disciplinar em desfavor do detento.

Santo André

Os Policiais Penais do Centro de Detenção Provisória de Santo André impediram a entrada de aparelho celular por meio dos procedimentos de revista mecânica, feita pelo escâner corporal. A apreensão aconteceu no sábado, (28).

Durante a revista, os agentes observaram algo suspeito na imagem da região pélvica da visitante. Ao ser indagada, a mulher assumiu, sem coação ou constrangimento, estar trazendo um ilícito introduzido em seu corpo, especificamente em seu ânus. Em sala reservada, a visitante retirou o ilícito e entregou o objeto. Na presença de uma testemunha, foi constatado que no interior do invólucro havia um mini aparelho de telefonia móvel celular.

Foi feito Boletim de Ocorrência junto ao 1º DP do município, bem como Procedimento Interno Disciplinar para averiguar a conduta do preso envolvido diretamente no ocorrido.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.